Teorias a respeito do sumiço do voo MH370 da Malaysia Airlines há um ano.

4teen-As-hipóteses-mais-loucas-para-o-voo-MH370-da-Malaysia-Airlines-CAPA

As hipóteses mais loucas (e possíveis) para o voo MH370 da Malaysia Airlines

Um ano depois do desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airline, ninguém sabe o que aconteceu com o avião. Vem ver as teorias da conspiração!

O desaparecimento do voo MH370, da empresa asiática Malaysia Airlines, completa um ano de mistérios neste domingo (08). O Boeing 777 ia da capital malaia Kuala Lumpur até a chinesa Pequim, mas desapareceu sem deixar vestígios.

Em janeiro, as autoridades da Malásia declararam oficialmente que o desaparecimento foi um acidente e que as 239 pessoas a bordo estão mortas. No entanto, nem todo mundo acredita nessa história – basicamente porque NADA, sem a caixa-preta, pedaços da fuselagem, tecido das poltronas, foi achado até agora.

Apesar das intensas buscas nas águas do Oceano Índico, nenhuma evidência foi encontrada até agora.

Mesmo 365 dias após a tragédia, ainda há muitas hipóteses sobre o que realmente aconteceu com o avião. Sem levar em conta um encontro com aliens ou a entrada em uma fenda do tempo – o que SUPER pode ter acontecido – saca só as principais ~teorias da conspiração~ que rolam por aí sobre o destino do MH370:

header1

O último contato foi feito sobre o Golfo da Tailândia, apenas uma hora após a decolagem. Não havia nada de errado com o avião e o tempo estava bom. Na sequência, a comunicação da aeronave foi desligada e a rota foi desviada drasticamente.

De acordo com registros de satélites, o avião voou por várias horas após desaparecer dos radares – até
que o combustível acabasse e com todos os seus sistemas de comunicação desativados.

O mapa exibe a localização da aeronave no momento do último contato registrado.

O que pode ter rolado? Sequestro! Uma investigação descobriu que dois jovens iranianos viajavam com passaportes europeus falsos – apesar de nenhum deles ter associação com grupos terroristas.

Eles podem ter tentado – e até conseguido – desviar a rota do avião, porém um confronto a bordo pode ter feito com que a aeronave voasse sem rumo até cair no meio do Oceano Índico.

header2

Uma possibilidade ainda mais conspiratória é a de que o sequestro foi bem sucedido e o avião conseguiu pousar são e salvo em algum país do Oriente Médio, como o Paquistão ou o próprio Irã. Para isso, o MH370 teria driblado o controle aéreo dos países da região “pegando carona” no rastro de outros aviões até chegar ao seu destino final.

O primeiro ministro da Malásia, Najib Razak, tem sido criticado pela demora nas investigações.

header3

O desfecho ainda mais espetacular para a teoria conspiratória ali de cima é de que o avião agora está sob o controle de células terroristas, que planeja usar a aeronave num novo tipo de 11 de setembro. Esta hipótese, porém, não explica onde estão os 239 passageiros e tripulantes presentes no voo. Eles são cúmplices? Estão sequestrados? Foram convertidos?

header4

Os passageiros e tripulantes também podem ter sido mortos por despressurização. Um ex-navegador da marinha britânica defende que a aeronave pode ter subido para mais de 45 mil metros de altitude, o que faria com que as famosas máscaras de oxigênio entrassem em cena.

Painel do aeroporto de Pequim (China) na manhã do acidente mostra o voo ainda como "atrasado".

Porém, a quantidade de ar só duraria cerca de 15 minutos. Depois, todos a bordo perderiam a consciência e morriam. Aí pronto, acabou o problema. Só há um porém: nesse caso, os mandantes da ação teriam que ter uma fonte extra de oxigênio, senão também morreriam.

header5

Uma possibilidade bem menos rocambolesca é a de que o avião tenha simplesmente explodido no ar, o que explicaria por que não foi mandado nenhum pedido de ajuda.

No entanto, alguma coisa teria que ter acontecido antes disso pro avião ter se desviado tanto da sua rota original. Quem sabe uma combinação tentativa de sequestro + explosão?

Estudantes rezam pelas 239 pessoas presentes no avião.

header6

Essa é pra quem curte aqueles esquemas de sabotagem ao estilo de Hollywood! Uma das hipóteses levantadas pela própria polícia foi de que havia alguém no avião com um seguro de vida muito alto – ou que devesse uma quantia tão grande de dinheiro que quisesse sumir.

Essa possibilidade, entretanto, teria que ser combinada com o pouso estratégico em algum lugar do Oriente Médio ou uma ilha no Índico. Porque senão a pessoa realmente morreu, acabando com todo o propósito do esquema.

header7

Dentre os passageiros, estavam 20 funcionários de uma companhia especializada em semicondutores do Vale do Silício, nos Estados Unidos. Um piloto aposentado da Delta Airlines veio a público defender que a tragédia foi causada por alguém (Al Qaeda? ISIS? Putin?) para roubar a tecnologia ainda não patenteada da empresa. Louco, né?

Imagens: Getty Images