Hoje Dee Snider um grande defensor da liberdade do Rock, completa 60 anos!

Já falamos aqui de uma parte da loucura que foram os anos 80, mas tem mais, bem mais.  Conhece uma história de um grupo de esposas de políticos que resolveram se unir para acabar com este tal de Heavy Metal que “levava” os pobres jovens para o caminho do sexo, drogas e violência?

Calma, não estamos falando desse filme! (Imagem: Reprodução)

O filme de 2012, “Rock of Ages”, fez um apanhado legal dessa grande história do rock (apesar de ter estragado um pouquinho alguns grandes clássicos com aqueles vocais meio Glee, mas beleza, Deus tá no comando), e no aniversário de 60 anos do Dee Snider, nada como revivê-la. Mas por quê?! Deve estar se perguntando ao lembrar da imagem do vocalista do Twisted Sister.

Ousado, como todos os caras dos anos 80 foram e você nunca conseguirá ser! (Imagem: Reprodução)

Dee foi um dos caras mais f#d@s do rock, até hoje é um cara massa que super conversa com seus fãs no Twitter, que dá suas opiniões (que são bem avançadas por sinal), e lá na década de 80 foi ele quem destruiu ao ir depor num tribunal a favor… do heavy metal. Lembra das esposas? Guiadas pela Tipper Gore, ex-esposa do, exatamente, Al Gore, o grupo conhecido como “The Washington Wifes” (ou, “As Esposas de Washington”, em tradução livre) buscava a implementação daqueles adesivos de aviso de conteúdo explícito para os álbuns das bandas da época.

Cuidado, pais! Conteúdo explícito! (Imagem: Reprodução)

 

twisted-sister-art

Problema é que elas começaram a encrencar tanto com o rock, criando até listas de músicas “proibidas” pelo seu conteúdo ~horrível~, que muitos pais passaram a proibir os filhos de terem ou sequer ouvirem bandas como Judas Priest, AC/DC, Black Sabbath e Twisted Sister. Aí que entra o aniversariante: em 1985, chamado para depor em tribunal em sua própria defesa e defesa de sua banda, a “Twisted Sister”, Dee chegou vestido normalmente, com colete e calça jeans, regata preta, os cabelo volumoso de sempre… e desceu a letra bonito. O roqueiro disse que é um absurdo pessoas adultas bem informadas interpretarem de modo tão errado músicas comuns (se referindo as canções da própria banda), listou três acusações feitas sobre o Twisted Sister e desmentiu cada uma. Na primeira, comentou, sarcástico, que Tipper Gore encontrou sadomasoquismo na música “Under the Blade” pois foi o que sua mente procurou – a música, na verdade, era sobre uma cirurgia na garganta pela qual um dos membros da banda iria passar.

Na segunda acusação, defendeu especificamente a música “We’re Not Gonna Take It”, que estava incluída na lista de músicas proibidas, acusada de incitar a violência. Ele comentou que é engraçado o fato das esposas confundirem música com vídeo, pois a letra da canção nada fala de violência, mas o vídeo é uma imitação de situações de desenho animado – e estava, inclusive, sendo usada por uma ONG, a United Way of America, para falar do tema “maneiras de se comunicar com os adolescentes” em um de seus projetos. Opa, Tipper!

Por fim, na terceira acusação que Dee mencionou, foi na verdade uma coisa meio nada a ver, mas que serviu de pretexto pra mais uma vez o maluco mostrar que sabia do que fala. Alguém produziu uma camiseta com um desenho com uma mulher algemada e humilhada e colocou o nome do Twisted Sister, uma arte fan-made sem noção, e quem levou a culpa foram os próprios caras da banda. Snider comentou que acha realmente degradante que haja essa parcela do rock que acha necessário humilhar mulheres, mas que ele, e sua banda, são absolutamente contra isso e tentam escapar o máximo de reproduzirem esses sexismos em seus shows, vídeos e ~na vida~, pois mulheres também merecem respeito. Completou dizendo que fazer acusações em cima de uma camiseta vista na rua é uma irresponsabilidade sem tamanho. Eita.

deesniderquote02

O aviso de conteúdo explícido existe, mas hoje em dia não tem mais essa de “bandas, parem de tocar pois não gostamos das suas músicas!”, e parte disso devemos a esse cara. E que cara. Dee Snider continua, desde lá, sendo um dos músicos mais maneiros do rock, e no seu aniversário de 60 anos não poderíamos deixar de dizer: Long Live, Dee Snider! \m/

twisted

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s