Boston Dynamics, mostrando que seremos dominados por robôs.

Imagem

No ano de 1984, quando o filme “Exterminador do Futuro” foi lançado as pessoas se perguntavam o quanto de ficção e realidade existia no filme. Afinal quase ninguém possuía um computador em casa, e de repente você vai ao cinema e se depara com máquinas pensantes com aparência e movimentação semelhantes ao de um ser humano.

O filme conta que em algum ponto no passado a Skynet é criada, um sistema computadorizado de inteligência artificial projetado para realizar as mais incríveis funções. Com o passar dos anos o sistema ganha autonomia e passar a tomar suas próprias decisões, decidindo por exterminar a raça humana.

Atualmente se uma empresa pudesse criar a Skynet, esta seria a Boston Dynamics, uma empresa americana especializada em engenharia robótica que a cada dia mais aproxima a ficção dos filmes a nossa realidade.  A empresa foi fundada por uma equipe de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts em 1992, e possui uma equipe técnica extraordinária de engenheiros e cientistas. 

“Estamos mudando o conceito do que as pessoas acham que um robô pode ou não fazer”

O trabalho da Boston é um dos mais avançados na área, seus robôs possuem comportamento aprimorado (mobilidade, agilidade, destreza), todo baseado em sensores e mecanismos complexos. 

Organizações importantes como a DARPA (Agência de Projeto e Pesquisa Avançada de Defesa), o exército, marinha e fuzileiros americanos e até a Sony Corporation buscam na Boston Dynamics aconselhamento e ajuda para criar os robôs mais avançados do planeta.

Imagem

 

 
 

Confira abaixo alguns dos projetos atuais da empresa:

LS3 – Sistema quadrúpede de apoio a tropas

ImagemImagem

O LS3 é um robô projetado para terreno bruto, servindo no transporte a pé de equipamentos e cargas de soldados e fuzileiros. Cada robô carrega aproximadamente 180 quilos de equipamento e combustível suficiente para aproximadamente 30 quilômetros em uma missão de 24 horas de duração.

Ele ainda dispensa controladores específicos, pois consegue seguir um líder automaticamente por visão computadorizada. O protótipo também viaja para locais designados utilizando um sensor GPS.

 

PETMAN

Imagem

O robô PETMAN é antropomórfico, projetado para testar roupas de proteção química. Ele reproduz movimentos ágeis e naturais, para que possam simular como um soldado salienta o vestuário de proteção em condições reais de perigo.

Ao contrário de seus antecessores que tinham um repertório limitado de movimentos e eram suportados mecanicamente, PETMAN se move livremente, caminha, agacha e faz uma variedade de flexões enquanto é exposto a agentes químicos.

Ele também simula fisiologia humana dentro do traje de proteção, controlando temperatura, umidade e transpiração, tudo para proporcionar um ambiente de teste mais próximo da realidade.

 

CHEETAH – O mais rápido de todos

Imagem

 

Cheetah é o robô com pernas mais rápido no Mundo, ultrapassando os 74km/h, um novo recorde de velocidade em terra para robôs.  Ele tem uma coluna articulada que dobra para trás e para frente a cada passo, aumentando o seu passo e corrida, igual o próprio animal faz. A versão atual do robô é testada em uma esteira de alta velocidade alimentado por uma bomba hidráulica e usa um dispositivo de expansão para mantê-lo funcionando no centro da esteira.

A próxima geração do robô, chamado de WildCat, está sendo projetada para operar sem cabos. WildCat recentemente entrou na fase de testes iniciais e está programado para operar testes de campo ainda este ano.

 

BigDog – O robô mais avançado do planeta

Imagem

BigDog é um robô para terreno bruto que anda, corre, escala e carrega cargas pesadas. Ele é alimentado por um motor que aciona um sistema hidráulico. Tem quatro patas que se articulam como um animal, com elementos compatíveis para absorver choques. É do tamanho de cachorro grande ou um pônei.

O computador de bordo do BigDog controla os sensores, a locomoção e gerencia a comunicação com o usuário. Seu sistema equilibrado permiti uma  locomoção e navegação nos mais variados tipos solo. Seus sensores para locomoção incluem posição articular, força conjunta, contato com o solo, carga, um giroscópio, radar de laser e um sistema de visão estéreo.

Há também sensores que focam em seu estado interno, monitoram sua pressão hidráulica, temperatura do óleo, funções do motor, carga da bateria entre outras . O BigDog atinge quase 7km/h, sobe inclinações de até 35 graus, atravessa escombros, anda sobre trilhas enlameadas, efetua caminhadas na neve e na água, e transporta uns 150 quilos de carga.

 

SandFlea – A pulga saltadora

ImagemImagem

O SandFlea pesa menos de 5 quilos e pode se conduzido como um carrinho de controle remoto em terreno plano, mas também pode saltar até 9 metros de altura para superar obstáculos. Seu salto é alto o suficiente para saltar sobre uma parede, o telhado de uma casa, um conjunto de escadas entre outras coisas.

O robô usa estabilização por giroscópio para ficar nivelado durante o voo ou assegurar um pouso suave, proporcionando uma visão clara da câmera acoplada nele. SandFlea pode saltar cerca de 25 vezes com uma única carga.

 

 RHex – “Devorador” de terrenos

Imagem

RHex é um robô de seis patas com alta mobilidade inerente. Seus membros possuem controle independente, criando uma mobilidade incomum e especializada em “devorar” terrenos acidentados, com um controle mínimo do operador. RHex sobe em campos rupestres, lama, areia, vegetação, trilhos de trem, postes, encostas e escadas.

Ele possui um corpo selado, tornando-se plenamente operacional em tempo de chuva, condições lamacentas e pantanosas. RHex é controlado remotamente a partir de uma unidade de controle distâncias (até 700 metros). Câmeras e lanternas oferecem vistas frontal e traseira do robô.

 

 RiSE: O Escalador

Imagem

RiSE é um robô que sobe terrenos verticais, como paredes, árvores e cercas. Ele usa micro-garras para subir em superfícies texturizadas. Mudanças na postura ajudam a se adaptar à curvatura da superfície de escalada e sua cauda o ajuda a equilibrar-se em subidas íngremes. RiSE mede 25cm de altura e pesa 2 kg, chegando a caminhar a 0,3 m/s.

Cada uma das seis pernas é alimentada por um par de motores elétricos. Um computador onboard controla o movimento das pernas, gerencia as comunicações e serviços de uma variedade de sensores, incluindo sensores de posição conjunta, sensores de tensão nas pernas e sensores de contato do pé.

 

 LittleDog – Robô quadrúpede de aprendizado locomotor

ImagemImagem

LittleDog é um robô quadrúpede projetado para pesquisa e aprendizado de locomoção. Cientistas e líderes de instituições usam LittleDog para investigar relações fundamentais entre a aprendizagem motora, controle dinâmico, percepção do ambiente e locomoção em terrenos irregulares.

Cada pata é equipada com três motores elétricos. As pernas têm uma grande amplitude de movimento. O robô é forte o suficiente para escalar e se locomover dinamicamente. Seus sensores possibilitam medir ângulos articulares, correntes de motor, orientação do corpo e contatos dos pés com o solo.

Ele possui transferência de dados sem fio para registro das operações, sua bateria de lítio tem autonomia de 30 minutos de funcionamento.

 

 Atlas – O Robô antropomórfico

Imagem

Atlas é um robô humanoide de alta mobilidade, projetado para terrenos ásperos ao ar livre. Ele é bípede e consegue andar com os membros superiores livres para levantar, carregar e manipular coisas no meio ambiente. Em terreno extremamente desafiador, Atlas é forte e coordenado o suficiente para subir usando as mãos e os pés, escolhendo o seu caminho através de espaços congestionados.

Mãos sensoriais articuladas permitem que Atlas use ferramentas projetadas para humanos. O robô possui hidraulicamente 28 graus de liberdade, mãos, braços, pernas, pés e tronco. Sua cabeça articulada inclui câmeras estéreo e um telêmetro a laser.

Atlas é alimentado a partir de um fornecimento de energia off-board por meio de uma corda flexível.

 

 

 

 
 

Novo avião luxuoso da Dilma custará 400 milhões.

 

Visitantes e seguidores do Google+

 

segunda-feira, 8 de julho de 2013

#BOMBA! Conheçam o novo AeroDilma que custará R$ 400 milhões.

 

Por Carlos Parrini … 

O Sonho de Lula está sendo realizado pela PresidentA. Aquele jatinho das Arábias que o ex-presidente usava para passeios e sacanagens junto com Rosemary e cumpanheros, que custou uma fortuna, já não presta mais. Tinha que ser maior, mais possante, mais luxuoso e mais caro, claro. Afinal, estes PTistas nunca viram tanta grana na vida e estão sempre se lambuzando. Lambuzando as malas, as cuecas e até a alma.

 

Nem passou a quarentena dos maiores protestos anti-corrupção jamais vistos na história do País e já estão voltando a fazer seus planejamentos para a gastança desenfreada, superfaturamentos e outras coisas sem prioridades. 
As eleições estão chegando, o PT, PMDB e a base alugada, estão com bola murcha. Nada como muito dinheiro para encher e passar a bola entre eles mesmos. Chutam de um lado e agarram de outro.
Até os Aloprados estão voltando como podem ver AQUI. Ninguém pode ficar de fora dessa mamata gigantesca.
Mas e os protestos? Ah, esqueçam. Estamos no Brasil para felicidade geral dos Corruptos. 
Fomos Campeões da Copa das Confederações, mesmo com as roubalheiras e Protestos. Vamos torcer para que o Brasil perca a Copa do Mundo, só assim o PT, Lula e Dilma, realizarão seus Sonhos lá nos Raios que os partam. Dessa forma, hospitais poderão ser construídos com essa grana que colocam nas cuecas, malas e Jatões das Arábias.

Vejam o Babado:

Aerodilma

A FAB retoma estudos para a compra de um luxuoso avião para uso da Presidência da República. O modelo em avaliação custa R$ 400 milhões e pode começar a operar em 2014

Izabelle Torres

 
chamada.jpg
UPGRADE
Maior e mais confortável, o A330
Dois anos depois de suspender as negociações para a compra de um novo avião para a Presidência da República, a Força Aérea Brasileira (FAB) retomou os estudos de viabilidade técnica e financeira para a aquisição da aeronave. O mais provável é que seja adquirido o Air Bus 330 MRTT (Multi Role Tanker Transport) para uso da presidenta Dilma Rousseff. O modelo da empresa europeia Eads é avaliado em mais de R$ 400 milhões e faz parte da categoria superluxo. Era o sonho de consumo do ex-presidente Lula, que agora pode ser adquirido pela sucessora e afilhada política. O luxuoso avião conta com uma área VIP presidencial com direito a copa, suíte e chuveiro no banheiro, além de um espaço amplo para abrigar a comitiva que acompanha a presidenta. Segundo uma fonte da FAB, a Aeronáutica ainda está na fase inicial do processo de compra e nenhuma proposta foi concluída para ser apresentada ao Palácio do Planalto. Mesmo assim, os planos seguem a todo vapor. Apesar da preferência pelo modelo europeu, a Aeronáutica também pediu orçamento para a Boeing e a Israel Aerospace Industries (IAI). A expectativa é de que, se a decisão sobre a compra sair ainda este ano, o novo avião presidencial comece a servir à Presidência no fim de 2014.

A aquisição do Aerodilma, no entanto, tem entraves políticos. Desde que assumiu o comando do País, a presidenta anunciou uma sequência de cortes de gastos e comprou brigas sérias com a base aliada pelo arrocho das contas públicas. Chegou até a perder votações no Congresso em retaliação dos políticos ao contingenciamento de emendas parlamentares. Por isso, o consenso é de que agora o cenário é pouco favorável para uma compra envolvendo quase meio bilhão de reais justamente para a aquisição de uma aeronave presidencial. Além disso, o Planalto precisaria contar com créditos extraordinários aprovados pelo próprio Congresso para bancar a despesa. Por isso, o assunto ainda não chegou ao gabinete da própria Dilma. O que deve acontecer somente depois que a FAB analisar todos os modelos disponíveis e seus orçamentos.

img.jpg
 o A330 substituirá o Aerolula (acima)
Há dois meses, a polêmica envolvendo a aquisição de aeronaves movimentou a França. O presidente Nicolas Sarkozy comprou uma briga com a opinião pública ao adquirir um avião A330 do mesmo modelo analisado pelo Brasil. Em redes sociais e nas ruas, não faltaram críticas ao gasto de R$ 400 milhões feito pelo governo francês. Outros países, como Arábia Saudita, Austrália e Reino Unido, também compraram aeronaves da empresa europeia, que já tem na fila outras 28 encomendas.

Se o gasto exorbitante de um avião presidencial superluxo pode, por um lado, arruinar as relações da presidenta com a opinião pública, por outro, militares, políticos e governo não têm dúvidas sobre a necessidade de modernizar e substituir a frota da Força Aérea Brasileira. Há atualmente quatro Boeings 707 em operação que foram apelidados de sucatões e fazem reabastecimento aéreo e transporte logístico. Como são da década de 60, esses aviões gastam muito com manutenção por conta de constantes problemas técnicos. Há na FAB o entendimento também de que é necessário adquirir reabastecedores de longo alcance e novos cargueiros.

A nova aeronave presidencial substituiria o atual Aerolula, um modelo Airbus-319, comprado em 2005 por pouco mais de R$ 56 milhões. A americana Boeing também apresentou uma proposta que está em análise pela FAB. Seria um modelo 767 adaptado para a categoria luxuosa e com alcance muito superior aos 8.200 quilômetros de capacidade do Aerolula, que só faz viagens internacionais acompanhado por um dos dois jatos Embraer 190, adquiridos em 2009. Os jatos servem para dar mais segurança aos passageiros em caso de problemas técnicos no avião presidencial. Com autonomia de até oito horas de voo sem escalas, esses jatos não conseguem fazer viagens internacionais e levam a presidenta a bordo apenas em deslocamentos dentro do Brasil. “Há a necessidade real de adquirir novas aeronaves. Até agora houve apenas o início de um longo processo para troca de parte da frota. Há preferência por alguns modelos, mas a discussão está longe do fim”, resume um experiente militar da Aeronáutica.

img1.jpg

Pec 280/08 – Redução do número de deputados na câmara

PEC 280 – Um bom motivo para sair às ruas!

A Proposta de Emenda Constitucional 280/2008 (ou apenas PEC 280), de autoria de falecido Deputado Federal Clodovil Hernandes (PR/SP), sugere uma nova redação ao artigo 45 da Constituição Federal, referente a quantidade de Deputados elegíveis por cada Estado da Federação. A proposta que se encontra em regime de tramitação especial no Plenário sugere a limitação máxima de 250 Deputados que integram a Câmara e cria normas para que nenhuma unidade da Federação fique com menos de quatro ou mais de trinta representantes.

 Imagem

Apresentada no plenário em 15/07/08 pelo seu próprio autor e posteriormente arquivada por falta de interesse em seu conteúdo, a proposta tem seu tema recolocado em foco com as manifestações que ocorrem Brasil à fora reivindicando o fim da corrupção e melhor emprego do dinheiro público. Atualmente a Câmara dos Deputados é constituída por 513 integrantes. Com a aprovação desta Emenda Constitucional limitaria este número para o máximo de 250 Deputados, o que segundo estimativas traria uma redução mensal de 43 milhões de reais aos cofres da União.

 Imagem

Para Clodovil, o número de 250 Deputados é ideal pois, além de trazer proporcionalmente representantes de todos os estados e do Distrito Federal, já conseguiria compor um Parlamento com diversidade de ideias, o que é imensamente positivo para a realidade brasileira. Para o ex-deputado, uma Câmara com 250 membros já possuiria amplas condições de representar a diversidade da sociedade brasileira e possibilitaria um enxugamento de estruturas administrativas o que reduziria significativamente as despesas públicas.

 

Se você acredita que esta seja uma boa proposta para melhorar a utilização do dinheiro público, ajude na disseminação desta ideia.

Defenda a causa e façamos com que esta proposta seja aprovada! 

Em 10 anos de PT no governo, dívida do Brasil saltou de 600 bilhões para 2,2 trilhões

Imagem

Em 10 anos cada cidadão brasileiro tem uma dívida, feita pelo Governo Petista, de quase 1.0 Milhão de Reais.

Você ouve falar em “DÍVIDA EXTERNA e DÍVIDA INTERNA”,em jornais e TV e não entende direito o que significa? Vou explicar de uma forma simples:

Imagem

DIVIDA EXTERNA é uma dívida com os Bancos,  FMI e outras Instituições no exterior em moeda estrangeira. São dívidas de longo prazo, 20, 25, 30 anos para pagar com juros internacionais e variação de moeda.
 
DIVIDA INTERNA é uma dívida com Bancos em R$ (moeda nacional) no país.
 
Entenda porque o Governo faz dívidas:
 
O governo brasileiro arrecada impostos, e arrecada muito, como já sabemos,
porém, ele gasta muito também e gasta mal, gasta mais do que arrecada. Com isso gera um rombo nas contas e precisa captar dinheiro no mercado.
 
É muito semelhante ao que acontece com qualquer pessoa: Imagine alguém que recebe um salário de R$ 1.000,00/mês e gasta R$ 1.300,00/mês, pois bem, a conta não fecha, para cobrir as despesas extras é preciso tomar dinheiro emprestado.
 
A diferença é que o Governo Brasileiro tem gasto muito acima do que arrecada nesses últimos 10 anos de governo petista, mesmo com os recordes de arrecadação de impostos e o crescimento do país. Para se ter uma ideia do rombo, de D. Pedro II até FHC  a dívida interna era de R$ 640 bilhões, porém, o Governo petista ampliou a dívida em quase 4 vezes em apenas 10 anos. O número é assustador: R$ 2,2 Trilhões.
 
Para você entender o que isso significa, esse valor corresponde as riquezas totais produzidas pela Bolívia em 100 anos aproximadamente, ou seja, esse valor daria para comprar tudo que a Bolívia produz em 100 anos, sem exagero. 
 
Se considerarmos o que o PT gastou nesses 10 anos, além do que arrecadou, teremos R$ 1,6 Trilhões, ou seja, só o que o PT gastou a mais e teve que tomar emprestado no mercado interno.
 
Para tomar dinheiro de bancos em reais o Governo paga juros que devem ser amortizados mensalmente, chamados de serviços da dívida. São bilhões de reais por mês pagos aos bancos detentores dos títulos da dívida brasileira. E não é com dinheiro do crescimento, mas sim, com dinheiro de ENDIVIDAMENTO.
 

Os brasileiros, vão pagar muito caro pela atitude perdulária do governo petista que não está conseguindo pagar os juros dessa “dívida trilhardária”. Temos que engolir um “spread”(taxa de Juros) muito caro para refinanciar os “papagaios”, sem deixar nenhum benefício para o povo, mas apenas DIVIDAS A PAGAR Por todos os brasileiros que pagam seus impostos.

 
Isso explica grande parte da pressão inflacionária!
 
Como são dados técnicos e de difícil compreensão para a população em geral, procurei aqui dar os números reais, apenas para exemplificar a maneira de governar do PT. Sem dúvidas, o PT tem méritos em relação ao crescimento da classe média e muitos melhoraram, de fato, saindo da pobreza extrema. Mas, é precisa saber o que isso pode custar mais à frente, como a inflação e a retração de investimentos que incapacitam o crescimento e desenvolvimento do país.
 
O Brasil cresceu sustentado numa política de consumo e crédito farto oferecido pelo sistema petista de governar, com resultados reconhecidos e bastante elogiados, inclusive no exterior. Mas, é preciso também conhecer a dívida e os ônus decorrentes dessas políticas, suas consequências para a economia e, principalmente, adotar medidas de contenção de gastos e austeridade para neutralizar o crescimento dessa dívida que pode explodir a economia do país em alguns anos, afinal, ninguém aguentar viver gastando mais do que arrecada por tanto tempo.
 
Algum petista poderá se zangar comigo, certamente vão utilizar seus métodos de ridicularização e destruição da credibilidade de seus “oponentes imaginários”! Pois bem, acreditem, não sou inimigo do PT, apenas lido com números e fatos claros que mostram o quanto esses gastos irresponsáveis podem destruir tudo que foi conquistado até aqui, inclusive, as conquistas do próprio governo petista!
 
Dilma não demonstra nenhum apego a ideia de conter gastos, basta olhar para sua estrutura ministerial faraônica com 39 ministérios e outras tantas secretarias especiais. Um absurdo que custa bilhões e se mostra ineficiente. Tudo para costurar apoio política no parlamento! Porém, basta olhar para o país para enxergar o estado de paralisação de obras como a transposição do Rio São Francisco, Ferrovias Norte Sul, etc, etc.
 Imagem
Nossas estradas são as mesmas em 40 anos, quase nada de novas estradas, não fosse as construídas pelo Governador Mário Covas e o Rodoanel, sabemos que o Governo Federal nada produz em proporção às necessidades existentes. Diariamente lemos que, mesmo com verbas liberadas, esse governo, de 39 ministérios nada consegue fazer! A ineficiência é absurda e custa o desenvolvimento do nosso país!
 
Tudo isso, gastando as arrecadações recordes de impostos e aumentando a dívida interna em 500% em apenas 10 anos.
Imagem
 
As preocupações desse governo são totalmente fora da realidade. Pautas escabrosas são apresentadas pela senadora Marta Suplicy que deseja criar leis que ofereçam privilégios jamais vistos para quaisquer cidadãos brasileiros, para a classe que ela considera a mais nobre desse país. Propõe Cirurgias grátis pelo SUS para mudar de sexo à partir de 14 anos de idade, Cota da LGBTT em Universidades Públicas e não bastasse isso, diz que deseja dar Cota para concursos e cargos públicos ao LGBTT. E o que considero o pior de todos os itens do projetos, ela propõe que crimes sexuais cometidos por LGBTT corram em SEGREDO DE JUSTIÇA, praticamente autorizando a pedofilia no país.
 
Nada contra a comunidade LGBTT da qual desejo que tenha DIREITOS IGUAIS, como já garante a nossa Maravilhosa Constituição Brasileira em seu artigo 5º – Todos são iguais perante a Lei!
 
Considero, sinceramente que esse governo não sabe o que é democracia!
 Imagem
Proteger minorias é louvável, porém, governar somente para as minorias é uma burrice sem medidas! Nosso país deixou de ter uma AGENDA PRODUTIVA, esqueceu-se de seus problemas reais, de medidas capazes de conter a inflação, reduzir os gastos do governo, melhorar os serviços de saúde, segurança pública e educação, além da mobilidade urbana e tantas outras pautas urgentes.
 

Reforma política, um embuste para desviar sua atenção.

 

 

A REFORMA POLÍTICA, O PLEBISCITO E UMA FUMAÇA ESTRANHA NO AR.

 

 

 

 

Amigos da Dilma

 

Os protestos populares continuam se espalhando pelo país e agora as entidades que se mantiveram a distância todo esse tempo (MST, Militantes ligados ao PT e outras entidades “de esquerda”) tentam “pegar uma carona” na onda e realizam protestos reivindicando a tal “reforma política” ou simplesmente desejando sequestrar algum protagonismo que jamais possuíram.

Toda súbita adesão dessa corja nada mais é do que uma cortina de fumaça para fazer o que eles fazem de melhor: ganhar tempo e iludir a população que clama por melhorias reais.

E as maiores provas disso foram os pronunciamentos de Dilma, a fala de Lula (convocando os militantes para ir às ruas contra “à direita”) e a estranha insistência do governo (e do PT) nesse desnecessário plebiscito, na tal “reforma política” e até numa constituinte (como queriam no início).

Antes que você, amante do discurso bonito desses que se dizem “de esquerda”, possa querer saltar na minha jugular e espalhar todo meu sangue na sua camisa vermelha com a cara do Che; pare um instante e pense (mesmo no meio desse seu furor ideológico) se toda esse desejo de reformar nossa política é mesmo real ou mero fruto do oportunismo que eles sempre tiveram.

 

Use o cérebro que Deus lhe deu (e que seus pais gastaram um bom tempo e algum dinheiro para evoluir) e imagine os motivos que poderiam levar um governo que promoveu a corrupção eleitoral, o embuste partidário e achincalhou a nossa (já tão ruim) vida política de tal forma que a corrupção deixou de ser um desvio de conduta e passou a ser condição “sine qua non” para a ocupação de cargos em estatais e ministérios. Em sã consciência você acha que alguém deste governo tem legitimidade (ou vontade) para se erguer e oferecer uma opção de reforma política que realmente vá limpar o cenário dantesco do banditismo político que experimentamos hoje?

Em minha humilde opinião; não. E digo mais, vejo com extremas reservas e desconfianças esse súbito adesismo do PT, das militâncias retrógradas e das forças que mantém essas oligarquias no poder a essas propostas.

Pois, como falar de reforma política se os mensaleiros (protegidos pelo governo que aí está e pelo PT) desfilam livremente pelo Congresso Nacional e são aplaudidos pela corja como se fossem heróis e elementos da mais alta estirpe?

Vejo o PT muito mais interessando em fazer emplacar o tão sonhado financiamento público de campanhas e ganhar tempo para fazer os ânimos se aplacarem e o país mergulhar no seu conformismo e bovinidade tradicional.

Vejo as forças que apoiam este governo farejando uma ótima oportunidade para satisfazerem suas (sempre insaciáveis) barrigas; chantageando e conseguindo ainda mais benesses, negociatas, maracutaias e favores dos petistas (eles próprios loucos e famintos pelo poder e por salvar os seus planos de se manterem vinte anos no poder e na posse dos cofres públicos para seu exclusivo deleite e prazer).

Vejo uma fumaça estranha no ar que fede a Venezuela, Bolívia, Equador e Argentina (leia-se totalitarismo) e as mesmas técnicas usadas para assegurar a instauração do pensamento bolivariano nesses países (com os costumeiros resultados desastrosos do socialismo populista e absolutista ao longo da história) e numa clara tentativa de fazer carga para diminuir (ou mesmo caçar) as liberdades individuais e de expressão como sempre manifestaram vontade (desde que assumiram o poder). Essa fumaça fica ainda muito mais densa quando vemos elementos das FARC foram flagrados infiltrados nas manifestações com o único objetivo de manipular a população visando promover distúrbios, ataques, saques e badernas vistos por todos nós.

as farc estão aqui

Certamente, se conseguíssemos dissipar completamente essa fumaça, veríamos que junto a esses elementos das FARC há muita “gente boa” do MST, desses radicais partidos nanicos de esquerda e desses movimentos sociais que existem exclusivamente para mamar as verbas que o governo lhes repassa sem nunca realmente se interessar em representar os anseios populares.

Ao ver Renan Calheiros, José Sarney, Maluf, Lula, os mensaleiros, Dilma o PT e tantos outros políticos de triste história apoiando a reforma política, o plebiscito e apregoando que agora (graças às vozes das ruas e ao empenho do governo) farão algo que, mesmo ocupando o poder há décadas, sempre se recusaram a fazer; minha consciência e minha parca inteligência dizem que, ao menos, devo desconfiar de que algo muito estranho está por trás disso tudo.

Afinal de contas; onde há fumaça, sempre há fogo.