Você gosta de violência, tortura e muita morte? Leia a bíblia.

Imagem

A Bíblia é o livro mais lido da história e o mais sagrado que já existiu no mundo cristão, pois possui, nada mais nada menos que, a “Palavra de Deus”.

Obviamente, e como era de se esperar de algo tão sagrado, é inadmissível que você cristão ou mesmo qualquer um de nós venha a questionar o que está neste livro, afinal, dessa forma você estará questionando a palavra de Deus, um enorme sacrilégio que, tempos atrás, poderia inclusive custar a sua vida, vide a Inquisição.

No entanto, não podemos deixar de notar que várias passagens da Bíblia relatam uma sanguinolência terrível, coisas que colocariam muitos filmes violentos de hoje “no chinelo” e que, certamente, você se sentiria no mínimo desconfortável de ler isso aos seus filhos.

Pior do que isso, muitos podem pensar que isso seja “tudo obra do Diabo”, entretanto, a maioria esmagadora dessas mortes, para nossa surpresa, são cometidas direta ou indiretamente por Deus, ou em nome Dele.

 

O americano Steve Wells anotou todas as mortes, como essas, registradas nas sagradas escrituras e as somou, chegando à incrível soma de 2.552.452 (dois milhões, quinhentos e cinquenta e dois mil, quatrocentos e cinquenta e duas mortes, entre homens, mulheres e crianças). Isso sem contar os que deveriam ter sido mortos no dilúvio, algo que poderia passar de trinta milhões.

Surpreso? Não acredita? Então pegue sua Bíblia também e nos acompanhe na travessia desse verdadeiro mar de sangue.

 Imagem

O anjo da morte

Em Reis 19:35, Deus manda um anjo e em apenas uma noite ele mata 185 mil pessoas e na manhã seguinte todos os corpos estão espalhados pela cidade. Isso acontece, pois os assírios haviam blasfemado contra Deus, ou seja, foram mortos pelo simples fato de terem outra ou nenhuma crença:

1

Moisés

Em Êxodo 2:11-15, Moisés, um dos discípulos mais famosos de Deus, mata um homem somente pelo fato dele estar maltratando outro e depois quando é descoberto, em vez de pagar por seu pecado, ele foge e nada lhe acontece:

2

Reclamação mortal

Em Números 16:30-35, o povo que vive no deserto comandados por Coré, vai até Moisés reclamar porque ele fica andando pelo deserto com todos seus seguidores.

Por esse motivo Moisés se enfurece e Deus também, e depois de ouvir a reclamação do povo de Coré, Deus abre as areias do deserto e os reclamantes são todos engolidos pela terra e mortos. Como se não bastasse, Deus ainda manda fogo para matar outros 250 daquele povo, completando a matança:

3

A seguir, tem mais algumas passagens do livro que dizem ser “a palavra de Deus”:

Crueldade e Violência na Bíblia

  Share

 

Deus gostou mais do sacrifício de Abel do que dos legumes de Caim. Por que? Bem, nenhuma razão é determinada, mas provavelmente tem algo a ver com a quantia de dor e sangue envolvidos. [Gn 4:3-5]

Porque Deus gostou mais do sacrifício de Abel do que dos legumes de Caim, este mata seu irmão Abel por ciúmes religioso. [Gn 4:8]

Deus está bravo. E decide destruir todos os humanos, animais, répteis e aves, “para desfazer toda carne em que há espírito de vida.” Ele planeja afogar todos. [Gn 6:7], [6:17]

Deus repete a intenção de matar todos. Mas por que Deus mata todos os animais inocentes? O que eles fizeram para merecer a sua ira? [Gn 7:4]

Deus mata toda substância que havia sobre a face da terra. De bebês recém-nascidos até animais – todas as criaturas, grandes e pequenos. [Gn 7:21-23]

Noé mata “todo animal limpo” e queima os corpos mortos para Deus. De acordo com isto, teria causado a extinção de todos os animais ” limpos” que foram levados para a arca. “E o Senhor cheirou o suave cheiro.” [Gn 8:20]

Para livrar Ló do cativeiro, Abrão envia um exército de escravos procurarem e matarem seus sequestradores. [Gn 14:14-15]

Deus diz para Abrão matar alguns animais para ele. A matança desnecessária faz Deus se sentir bem. [Gn 15:9-10]

Agar concebe, causando ciúmes a Sarai. Abrão diz para Sarai que faça o que quiser com Agar. “E afligiu-a Sarai, e ela fugiu de sua face.” [Gn 16:6]

Ló se recusa deixar dois anjos a mercê de um bando de pervertidos, e ao invés disso, ele oferece as duas “filhas virgens.” Ele diz para o grupo de estupradores: “fareis delas como bom for nos vossos olhos.” Este é o mesmo homem que é chamado de “justo” em [II Pe 2:7-8]. [Gn 19:8]

Deus mata todo mundo (homens, mulheres e crianças) em Sodoma e Gomorra fazendo “chover enxofre e fogo.” Bem, quase todo o mundo – ele poupa Ló o “justo”, e sua família. [Gn 19:24]

A mulher de Ló (sem nome) olha para trás, e Deus a transforma numa estátua de sal. [Gn 19:26]

Sara, depois de dar à luz a Isaque, se indispõe novamente com Agar (veja em [Gn 16:5-6]) e fala para Abraão mandá-la embora, assim também como seu filho. Deus diz para Abraão escutar a voz de Sara. Assim Agar e Ismael são expulsos e enviados ao deserto para morrer. [Gn 21:10-14]

Diná, a filha de Jacó, é tomada por um homem que parece a amar afetuosamente. Os irmãos dela enganam todos os homens da cidade e os matam (depois de ter circuncidado a todos), e então levam as suas esposas e crianças como escravos. [Gn 34:1-31]

Os filhos de Jacó circuncidam “todos os que saíam da porta da cidade.” Então eles entram na cidade e matam todos os machos e levam cativas suas esposas. {Gn 34:24-29]

“O terror de Deus foi sobre as cidades que estavam ao redor deles.” Eu não sei o que é o “terror de Deus”, mas aposto que não é uma coisa agradável. [Gn 35:5]

“Er, porém, o primogênito de Judá, era mau aos olhos do SENHOR, pelo que o SENHOR o matou.” O que ele fez para atrair a ira de Deus? A Bíblia não diz. Talvez ele tenha apanhado alguma lenha no sábado. [Gn 38:7]

Depois que Deus matou Er, Judá diz para Onã que “entre” à esposa do irmão. Mas Onã “soube que essa semente não havia de ser para ele; e aconteceu que, quando entrava à mulher de seu irmão, derramava-a na terra, para não dar semente a seu irmão. E o que fazia era mau aos olhos do SENHOR, pelo que também o matou.” Esta adorável história da Bíblia, raramente é lida em Escolas Dominicais, mas é a base de muitas doutrinas cristãs, que condenam a masturbação e o controle de natalidade. [Gn 38:8-10]

Depois de Judá pagar Tamar pelos serviços dela, lhe é falado que a prostituta era sua nora. Quando Judá ouve isto, ele diz, “Tirai-a fora para que seja queimada.” [Gn 38:24]

José interpreta o sonho do padeiro. Ele diz para o faraó cortar a cabeça do padeiro, e pendurar seu corpo em uma árvore para os pássaros comerem. [Gn 40:19]

Os egípcios saberão que eu sou o SENHOR.” Quem mais poderia ser tão cruel e injusto? [Ex 7:5], [Ex 7:17]

Depois do truque da serpente, Deus diz para Moisés e Arão golpear o rio e transformá-lo em sangue. Esta é a primeira das 10 famosas pragas do Egito. [Ex 7:17-24]

A quinta praga: todo o gado dos egípcios morre. [Ex 9:6]

A sexta praga: sarna nos homens e no gado. [Ex 9:9-11]

“Porque esta vez enviarei todas as minhas pragas sobre o teu coração, e sobre os teus servos, e sobre o teu povo, para que saibas que não há outro como eu em toda a terra.” Quem mais a não ser o deus bíblico poderia ser tão cruel? [Ex 9:14]

Deus mata todo o gado egípcio com granizo. [Ex 9:19-20]

A sétima praga é granizo. “E feriu, em toda a terra do Egito, tudo quanto havia no campo, desde os homens até aos animais.” [Ex 9:22-25]

Estes versos mostram claramente que o assassinato em massa de crianças inocentes por Deus foi premeditado. [Ex 11:4-6] (veja [Ex 12:29-30])

Deus matará as crianças egípcias para mostrar que ele faz “diferença entre os egípcios e os israelitas.” [Ex 11:7]

Deus explica a Moisés que ele pretende ferir “todo primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais.” [Ex 12:12]

Depois que Deus endureceu o coração do faraó, ele mata todo primogênito entre as crianças egípcias. “Quando ele acabou não havia uma casa onde não havia um morto.” Depois disso, não satisfeito com tantas mortes, ele mata o primogênito de todos os animais também. [Ex 12:29]

Moisés ensina aos israelitas para que sacrifiquem a Deus “todo primogênito” para comemorar o massacre divino das crianças egípcias – todos os machos. Para Deus não há nenhuma utilidade o sacrifício de fêmeas. [Ex 13:2], [Ex 13:12], [Ex 13:15]

Depois de endurecer o coração do faraó mais algumas vezes, Deus afoga o exército do faraó no mar. [Ex 14:4-28]

Moisés e seu povo cantam louvando o seu deus assassino. [Ex 15:1-19]

“O SENHOR é varão de guerra.” Realmente, julgando seus no Velho Testamento, ele é um monstro bélico. [Ex 15:3]

A mão direita de Deus despedaça as pessoas. [Ex 15:6]

Josué, com a aprovação de Deus, mata os amalequitas “a fio de espada.” [Ex 17:13]

“Porquanto jurou o SENHOR, (Deus jura!) haverá guerra do SENHOR contra Amaleque de geração em geração.” [Ex 17:14-16]

Qualquer pessoa ou animal que tocar o monte Sinai será apedrejado até a morte. [Ex 19:12-13]

Deus diz para Moisés que expulse do acampamento “todo leproso, e a todo o que padece fluxo, e a todos os imundos por causa de contato com algum morto. ” Assim, pelas instruções de Deus, o doente é abandonado e deixado para sofrer e morrer só. [Nm 5:1-4]

“E aconteceu que, queixando-se o povo, era mal aos ouvidos do SENHOR.” (Ele não gosta de ouvir queixas) Então queimou os queixosos vivos. Isso os ensinará. [Nm 11:1]

“Quando a carne estava entre os seus dentes, antes que fosse mastigada, se acendeu a ira do SENHOR contra o povo, e feriu o SENHOR o povo com uma praga muito grande.” A Bíblia não deixa muito claro o que estes pobres fizeram para transtornar tanto a Deus; tudo o que diz é que tiveram desejo. [Nm 11:33]